No momento pelo qual passamos, muitos gestores estão se vendo obrigados a congelar ou adiar seus investimentos em Marketing Digital.

A atitude, evidentemente, visa a redução de gastos, tendo-se em mente a sobrevivência do empreendimento diante de um cenário ainda incerto.

Assim, é preciso avaliar a situação com o máximo de informação possível. Somente desse modo é possível a tomada mais efetiva de decisões.

E a redução, congelamento ou adiamento de ações em Marketing Digital vai impactar diretamente nos negócios.

. . . . . . . . . . .

Como sabemos, a crise causada pela covid-19 mudou de modo inesperado e súbito muitos mercados e segmentos no mundo todo. E muitas empresas tiveram que se adaptar a essa nova realidade, muitas vezes se vendo obrigadas a repensar, às pressas, até mesmo seu modelo de negócios.

E, além dessa forte mudança de cenário, passou a ser preciso lidar com a incerteza do que temos pela frente no curto e médio prazos. Por isso tudo, economias mundiais e negócios dos mais variados tipos diminuíram a projeção de crescimento, chegando a congelar investimentos.

E, nessa hora, muitos empreendedores e gestores de negócios estão se vendo frente à dilemas difíceis, vendo-se obrigados a lidar com os compromissos assumidos.

E muitos se perguntam o que devem fazer.

. . . . . . . . . . .

O agora e o futuro

A sobrevivência no hoje

Devido ao distanciamento social, com a limitação da proximidade física entre as pessoas e a redução dos deslocamentos pelas cidades, estamos vendo os relacionamentos digitais ganharem ainda mais força.

Boa parte das pessoas está confinada dentro de casa, e o uso das ferramentas digitais cresceu tanto que as operadoras de telecomunicações estão preocupadas em dar conta da nova demanda.

Segundo matéria publicada na Folha de São Paulo, no início da quarentena (em apenas 3 dias), o aumento médio do tráfego na internet banda larga fixa foi de cerca de 40% — leia matéria completa aqui.

O dia a dia digital, portanto, firma-se agora como o novo cotidiano. Ficando o contato direto interpessoal restrito a ocasiões específicas.

Nesse cenário, nem é preciso dizer que uma empresa bem posicionada no mundo digital tem uma visibilidade potencialmente maior do que em outros tempos.

A expectativa no amanhã

É óbvio — e sensato — que a busca pela economia seja o primeiro e natural movimento pela sobrevivência. É uma reação quase instintiva. Faz parte de nossa história, desde quando o homem primitivo, vendo-se diante de uma eventual escassez de alimentos diante de um incêndio na floresta, corria para armazenar mantimentos para subsistir na fase ruim.

Mas, voltando ao hoje, e olhando além do momento atual, para o início do que vamos chamar de fase pós-crise — quando ela enfim chegar —, podemos imaginar que todos estaremos batalhando para “cobrir os buracos”, buscando ao máximo a aceleração da retomada de crescimento.

Nesse momento, muito provavelmente quem estiver na frente vai avançar mais rápido. E por um terreno menos acidentado, com menos desvios e buracos.

Esses poderão ser os gestores que conseguiram manter seus negócios à vista de seu público desde agora.

Eles sairão, talvez, com suas marcas fortalecidas, e estarão mais aptos a aproveitar a janela de oportunidades que virá.

Segundo a chamada Teoria da Mudança Geracional (William Straus e Neil Howe), a história segue em “estações”, move-se por ciclos de nascimento, crescimento, declínio e renovação.

E, segundo um artigo da revista Forbes, a pandemia causada pela covid-19 seria um desses períodos de crise, para haver, em seguida, o período de renovação — leia matéria completa aqui.

Após esse período, não há como prever quais mudanças na estrutura da sociedade encontraremos. Mas é basicamente certo que haverá uma fase de modernização, enraizada, entre outros fatores, na amplificação ainda mais maciça da internet.

Assim, nossa sugestão é a de que você não se esqueça do valor do Marketing Digital neste momento. Aliás, este é bem provavelmente um bom momento para investir na relação digital de seu público com sua marca, sua empresa e seus negócios.

. . . . . . . . . . .

5 dicas para marketing digital agora

1. Não fique parado

De quarentena já bastam as pessoas. Não há um bom motivo para deixar o Marketing Digital de sua empresa em confinamento, esperando, de modo passivo, uma solução mágica para o problema que enfrentamos.

Ficar imóvel, quieto, só vai ajudar você ser esquecido mais rapidamente.

2. Invista no valor de sua marca. Esse é o melhor caminho para conquistar novos clientes, principalmente os clientes qualificados

Use seus recursos e ações de Marketing Digital também para investir em branding.

Aproveite o momento para gerir sua marca, visando torná-la mais conhecida, forte, desejada.

Muitos de seus clientes e possíveis clientes estarão em casa, ligados na internet. Aproveite então para cuidar com carinho de sua relação com eles. Mostre que sua marca tem personalidade, valor e identidade.

Uma marca de valor atrai clientes de valor.

3. Posicione-se nas mídias digitais

Muitas pessoas estão enfiadas dentro de casa. Boa parte delas, entediadas, cansadas de procurar um filme ou série que pareça bom na Netflix, Google Play, Prime Vídeo, Apple TV etc.

Ou então trabalhando em home office, absorvidas pelas tarefas e por informações vindas principalmente da internet.

Essas pessoas estão ávidas por novidades, querendo se sentir úteis, produtivas, informadas.

Então é um momento mais do que ideal de mostrar sua cara (ou sua marca, ou suas promoções, sua empresa, produtos e serviços) na telas.

A recepção ao conteúdo informativo neste período tende a ser melhor, com potencial de maior engajamento.

Por isso mesmo, é imprescindível que você cuide bem da qualidade do conteúdo divulgado em suas ações de Marketing Digital. Não faça nada só por fazer, para aproveitar o momento. Cuide do visual de seu material, do português de seus textos. Se não tiver disponível um fornecedor ou funcionário qualificado, busque um competente, que saiba trabalhar a favor de seus negócios, de sua marca.

Vale sempre lembrar: seja cuidadoso. Valorize o nível de percepção de seu público. Entregue a ele algo de valor.

São justamente os clientes mais valiosos que geralmente são os mais exigentes.

4. Marketing de conteúdo: sobre o que falar agora?

Não é à toa que o conteúdo é hoje em dia chamado de o rei do marketing.

Afinal, um conteúdo de qualidade gera, a princípio, bons ganhos no posicionamento de seu site e demais páginas no Google. E o que é melhor: de forma orgânica.

Assim, valorize seus esforços sabendo o que postar. Busque assuntos sobre os quais sua empresa tenha afinidade. E, em sintonia com o momento, use temas que possam ajudar de forma efetiva seu público.

Outra dica que sempre vale destacar: defina seu nicho. E tenha em mente a persona a quem você está se dirigindo.

Também não se esqueça de ser sutil, respeitando o momento pelo qual passamos. E, se for o seu caso, use e abuse de promoções, descontos e vantagens.

5. Se possível, também produza conteúdo de utilidade geral

Caso seja adequado, e com muito cuidado, opte por ir além dos temas mais diretos. Divulgue também conteúdo informativo que ajude as pessoas no enfrentamento do momento.

Divulgue, por exemplo, formas produtivas de se trabalhar no esquema home office. Ou ofereça dicas e orientações para se cuidar da saúde física e mental dentro de casa. Ou ainda dê sugestões sobre modos de se relacionar digitalmente.

Seja útil, mostre o valor de sua marca e o seu compromisso com o bem-estar de todos.

Seu público vai se lembrar disso quando a crise passar.

Observação: caso decida postar conteúdo relacionado a cuidados na prevenção da covid-19, use somente fontes oficiais ou de órgãos de especialistas, como a OMS (Organização Mundial da Saúde), o Ministério da Saúde, órgãos de seu estado ou município e entidades regulamentadas de profissionais de saúde — citando a fonte. Na dúvida sobre alguma informação, não divulgue.

. . . . . . . . . . .

A nossa responsabilidade

Sabemos o quanto o momento é, além de incerto, complexo. E passarmos informações adiante é, ainda mais agora, uma grande responsabilidade.

Além disso, no desenvolvimento de conteúdo para Marketing Digital, a relevância é sempre o primeiro fator a ser levado em consideração quando vamos publicar algo.

O público não é bobo. E percebe quando uma empresa está postando algo que não tem importância, apenas para aparecer e tentar atrair leads.

Por isso, é sempre bom ter à vista um lembrete: O conteúdo que estou publicando é relevante? Eu mesmo o levo a sério? O que estou postando tem utilidade?

E mais: esse conteúdo traz, de modo equilibrado e sensato, valor para minha marca?

Se estiver na dúvida, é melhor pensar em outra coisa.

. . . . . . . . . . .

Neste momento, quando estamos mais próximos uns dos outros à distância, e que nossa atenção está ainda mais focada em conteúdos virtuais, o Marketing Digital funciona muito bem se for feito de modo profissional. Com responsabilidade. E sensibilidade.

E, por fim, lembre-se que, ao investir no valor de sua marca, os resultados são gratificantes e duradouros.

São resultados úteis para suas vendas agora, para as suas vendas depois, e vão ser valiosos para seus negócios.

E mais: seu público agradece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *